Facebook Marketing: Crie anúncios impossíveis de ignorar por causa do "banner blindness"

Se já criou vários anúncios no Facebook e não teve a resposta que esperava, como likes e comentários, não é o único a vivenciar essa triste experiência. Já ouviu falar sobre “Banner blindness”? Esse pode ser o motivo. 

 

Também chamada “cegueira do banner”, trata-se da maneira como nosso cérebro se habitua às formas como as coisas estão dispostas na internet. E, portanto, olhamos mas, de certa forma, não vemos realmente o que está lá.

 

Quando entramos num site sabemos que o menu está no topo, o conteúdo que devemos pesquisar fica ao centro e, na lateral direita ou esquerda, os banners de propaganda. Assim, quando lemos na diagonal, identificamos imediatamente essas partes mesmo sem nos concentrarmos em cada uma delas. E quando surge um site muito diferente dos que já conhecemos, pára tudo. 

 

Portanto, a banner blindness é a forma como olhamos sem prestar atenção a tudo o que está disposto na internet. E com o Facebook não é diferente. Um anúncio feito apenas com texto, sem qualquer tipo de diferenciação para atrair a atenção do público, jamais conseguirá os likes que espera e muito menos as partilhas, que aumentam ainda mais a projeção do anúncio na rede.

 

E como é possível escapar do “banner blindness”?

 

Primeiro, é preciso fugir do sentido comum. A maioria das pessoas não entra no Facebook disposta a comprar. Querem divertir-se, conversar, partilhar vídeos e situações engraçadas. O Facebook é uma sala virtual onde todos podem ser o que querem, fugir da realidade e, curiosamente, onde todos procuram apoio para a realidade em que vivem. Algo que possa tornar a sua vida interessante. Assim, um anúncio de um produto ou de um serviço também precisa de ser bastante interessante. Mesmo que venda apenas “capas de silicone para telemóveis”.

 

É importante criar primeiramente um espaço mais colorido. Abusar das cores fortes e quentes, que chamam a atenção do público, e principalmente escolher fontes legíveis e cuja cor contrasta com a do background. Um vermelho de fundo, por exemplo, vai chamar muito mais a atenção com letras em Arial Black a branco ou amarelo, em vez de preto.

 

Mas um banner bem feito também não pode ser poluído. O excesso de informação faz com que o efeito “banner blindness” seja mais frequente. Uma pesquisa recente feita pelo Propmark aponta que 70% dos anunciantes de classificados online ou em imprensa perdem oportunidades de venda precisamente pelo excesso de informação que disponibilizam em espaços pequenos.

 

Mais uma vez: quem é que entra no Facebook para comprar? Quem é que entra na disposição de ler uma “Bíblia”?  Portanto, menos é mais. Cause impacto com um título curto e chamativo, e, em seguida, passe para a descrição do produto ou serviço. Aqui vai uma dica: utilize sempre uma necessidade do cliente para enaltecer o produto, os chamados “gatilhos mentais”. 

 

Se vende perfumes e eles duram mais no corpo, mostre ao cliente que ficará perfumado por muito mais tempo, e que portanto será muito mais económico. Logo, poderá desfrutar do “happy hour” mais tranquilo. Por fim, finalize com frases no imperativo: “COMPRE antes que acabe”, por exemplo.

 

Torne o seu produto mais interessante e, assim, alcance as suas metas longe do efeito “banner blindness”.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *