Quanto tempo vai demorar até ter retorno do Marketing Digital?

Quanto tempo vai demorar até ter retorno do Marketing Digital?

Somos cada vez mais impacientes e procuramos resultados cada vez mais imediatos. É por isso que muitos produtos, sites e prestações de serviços se estão a concentrar no Marketing Digital. Mas, dependendo do nicho de mercado, nem sempre traz resultados tão rápidos quanto essas empresas gostariam. 

 

A internet é vive da ideia de que tudo está a uma distância ínfima. Afinal, qualquer dúvida pode ser solucionada em apenas um clique, assim como a reserva de um hotel no outro lado do mundo ou a renegociação de uma dívida com o banco. Mas quando falamos de investimentos em inbound marketing, a situação não é bem assim.

 

A estratégia traz resultados comprovados superiores às técnicas do marketing tradicional, mas o retorno do marketing digital não é tão imediato quanto muitas pessoas imaginam. Na prática, especialmente as estratégias de marketing de conteúdo e branding, exigem meses de trabalho e dedicação para que os resultados sejam percebidos. No entanto, uma vez feitos, os esforços transformam-se em ganhos perenes.

 

Em geral, as iniciativas de marketing digital começam a demonstrar retornos mais mensuráveis a partir dos seis meses de implementação. A partir de um ano é possível ver toda a estratégia a ganhar velocidade e a crescer de maneira sustentável. Essa discrepância entre a expectativa e a realidade do tempo de retorno com marketing digital faz com que muitos empreendedores se afastem do inbound em apenas três meses, por não verem os resultados prometidos por algumas agências.

Retorno com marketing digital

Separamos o retorno com marketing digital que a sua empresa pode obter a curto, médio e longo prazo, dependendo da ação:

 

IMEDIATO A CURTO PRAZO – primeiros seis meses de implementação da estratégia 

 

Desenvolvimento de site

Uma empresa que não tem um site perde diversas oportunidades de venda uma vez que, segundo um levantamento da Hubspot, 93% das compras on-line começam com um motor de busca.

 

No entanto, desenvolver um site otimizado irá impactar apenas os clientes e pessoas que já conhecem a sua marca. Para converter novos leads, é necessária uma estratégia de conteúdo a longo prazo, voltada para SEO e conversão.

 

Campanhas de links patrocinados

Nas empresas em que as jornadas de compra tendem a ser mais curtas e pautadas por impulso, especialmente em empresas B2C (Business to Consumer), é possível ver um retorno do investimento em links patrocinados de Facebook e Adwords em três meses.

 

No entanto, esses resultados ainda estão aquém das potencialidades dos links patrocinados. Só a partir dos três meses é que podemos identificar um padrão para aplicar em otimizações – tanto otimizações de palavras-chave, como de localização e de personas. Com a ajuda de um especialista, em seis meses pode ter uma campanha com uma estratégia mais elaborada e que já traga mais tráfego para o seu site e novos leads.

 

CURTO A MÉDIO PRAZO – de 6 meses a 12 meses

 

A partir dos seis meses, é o momento de rever o planeamento inicial da sua estratégia, verificar com atenção se está a atingir as suas metas e analisar os ajustes que pode fazer para cumprir os seus objetivos.

 

Investimento em links patrocinados

 

A partir dos seis meses, o investimento em anúncios no Google Adwords e no Facebook já começa a conquistar novos clientes para o seu negócio. Isso porque o interesse do público – assim como os seus horários de pico de audiência – já estão mapeados para uma otimização e definições automáticas mais certeiras.

 

Redes sociais

Também podemos notar alguns resultados orgânicos nas redes sociais a partir dos seis meses de implementação. O conteúdo qualificado e relevante que cria para alimentar o blog pode ser reutilizado para gerar interação e aumentar o número de seguidores nos mais diversos canais. A partir dos seis meses, também é possível fazer uma análise sobre o tipo de posts, conteúdos e formatos com mais interação, para que estes sejam priorizados no momento de produção e, assim, aumentar o alcance orgânico da marca.

 

Conteúdos ricos

Se aplicar estratégias de divulgação – campanhas de links patrocinados, e-mail e landing pages no site – os conteúdos ricos (como e-books, webinars, tabelas e etc.) começam a engordar a sua mailing list e a converter leads no espaço de seis meses. 

 

DE MÉDIO A LONGO PRAZO  (pelo menos um ano)

 

Estas são as estratégias que mais demoram a ter retorno no marketing digital. No entanto, são as que oferecem mais rendimento a longo prazo. Por exemplo, se interrompe durante um mês uma campanha de links patrocinados, deixa de obter resultados. No entanto, se publica um post, todo o trabalho feito de SEO nos conteúdos já publicados irá manter-se e continua a gerar tráfego e leads para o seu negócio.

 

SEO (Search Engine Optimization)

 

Segundo as informações do próprio Google, realizam-se 40.000 buscas por segundo em todo o mundo, o que se traduz em 1.2 trilhões de pesquisas por ano. Mas o ranking de buscas do só Google é atualizado a cada dois ou três meses, em média. O que significa que pode ter todo um trabalho de otimização de seus posts e site, mas pode demorar até três meses para o Google simplesmente reconheça esse esforço. 

 

Conseguir uma boa posição também é uma tarefa árdua porque, hoje em dia, muitas empresas estão a aplicar técnicas de SEO. O seus objetivos são claros: serem encontradas mais facilmente e, assim, aumentar as vendas. Por isso, pesquisar palavras-chave relevantes, produzir conteúdos qualificados e postar com frequência são três coisas essenciais para conquistar e garantir um bom posicionamento nos motores de busca.

 

Marketing de conteúdo

Através do marketing de conteúdo, a empresa não só conquista boas posições no Google, como também adquire um tráfego especializado que tem mais probabilidades de se converter em lead e se tornar um cliente mais tarde. Ou seja, mais vendas para a sua empresa. 

 

O marketing de conteúdo ainda ajuda a construir a sua autoridade na internet e a fazer com que empresas ou consumidores finais (dependendo da sua área de negócio) também tenham em mente a sua empresa como uma opção confiável e que até pode ser o fornecedor de um determinado produto quando surgir essa necessidade.

 

Branding

Estabelecer a sua marca dentro de uma estratégia de posicionamento é algo que leva tempo, especialmente se o seu negócio é novo e está a entrar agora na internet. As empresas mais consolidadas conseguem saltar essa fase por já terem posicionamentos bem definidos offline – só precisam de o promover na internet.

 

Mailing

Criar uma lista de leads bem segmentada é algo que se demora a alcançar. Seguindo práticas white-hat, tudo é feito por meio de landing pages, anúncios paga e conteúdo, entre outras ações. Já dissemos algumas vezes que comprar uma lista de e-mails não é uma boa prática e pode desacreditar todo o trabalho desenvolvido ao longo de meses. Assim que a sua empresa tiver um mailing eficiente, pode obter bons resultados tanto a nível comunicação e de relacionamento pós-venda, como para fazer os seus leads avançar na jornada de compras e converter mais vendas para o seu negócio.

 

Acompanhamento e análise

 

Durante todo esse período é interessante fazer um acompanhamento com ferramentas mais simples como o Google Analytics ou até, preferencialmente, com um CRM mais completo. Desta maneira, será possível analisar a fundo as ações e o retorno sobre o investimento (ROI) conquistado através do marketing digital, para depois sugerir ajustes e otimizações nas próximas ações. A partir do momento em que a sua estratégia de marketing digital esteja a decorrer de forma sustentada e com todas as ações em marcha, também é interessante considerar a automação de marketing para melhorar a nutrição de leads e, assim, converter ainda mais vendas para o seu negócio.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *